Mundo Notícias saúde

Paciente diagnosticada com morte cerebral acorda logo antes de cirurgia de remoção dos órgãos para doação

Paciente diagnosticada com morte cerebral acorda logo antes de cirurgia de remoção dos órgãos para doação
Recôncavo News 18.2.17

O Hospital de St Joseph, em Syracuse, EUA, atestou o falecimento de uma mulher e, com a permissão da família, uma equipe de médicos se preparava para a cirurgia de retirada de seus órgãos para a doação. Foi aí que, na mesa de operação, cercada de médicos e funcionários do hospital, a mulher abriu os olhos. Ela estava viva. Colleen Burns havia tido uma overdose causada pela mistura de remédios Xanax, Benadryl e relaxantes musculares vários dias antes. A combinação de drogas fez com que Colleen entrasse em coma profundo, que foi interpretado pelos médicos do hospital como morte cerebral.

Notícias relacionadas

Devido a protestos no Brasil, surgem novas idéias em democracia: conheça o DemoEx

Edson Santos

Munik, campeã do ‘BBB16’, posa de maiô em praia de Búzios, no Rio. Veja fotos!

Edson Santos

Segundo balanço da PRF, mais de 4.000m³ de madeira foram apreendidas no Pará desde o início de 2019

Edson Santos