Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Destaque » Justiça bloqueia todas as contas da prefeitura de Uruará

Justiça bloqueia todas as contas da prefeitura de Uruará

Justiça bloqueia todas as contas da prefeitura de Uruará

MPE pediu cassação do mandato de Everton Banha, bloqueio das contas da Prefeitura e indisponibilidade dos bens

Everton Banha pode ter mandato cassado a qualquer momento

Everton Banha pode ter mandato cassado a qualquer momento

Em um despacho da Justiça do município de Uruará, na região oeste do Pará, dado pelo juiz Michel de Almeida Campelo, na segunda-feira (22) as contas da Prefeitura do Município estão todas bloqueadas, onde o prefeito Everton Banha não tem mais como administrar o dinheiro e sim a Justiça para garantir o pagamento dos servidores públicos.

O magistrado determinou o bloqueio de todas as verbas da prefeitura de Uruará, ou seja, 100% de todos os recursos públicos estão sob o comando da Justiça de Uruará.

Na quinta-feira da semana passada a população se manifestou em frente o Fórum e Prefeitura Municipal de Uruará, exigindo o pagamento dos servidores públicos, a volta às aulas, a limpeza das ruas, melhorias na saúde, entre outras reivindicações.

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), por meio do promotor de Justiça Muller Marques Siqueira, ajuizou Ação Civil Pública (ACP), com pedido de antecipação de tutela, contra o prefeito de Uruará, Everton Moreira, por fortes indícios de desvios de recursos públicos na gestão exercida.

A medida judicial tomada pelo Ministério Público foi decorrente do Inquérito Civil instaurado para investigar diversas representações formuladas pelo Sinttep, Sinspur e pela vice-prefeita Maris Nicolod. Na Ação, o Ministério Público pediu a cassação do mandato do Prefeito por improbabilidade administrativa, inelegibilidade por 08 anos, bloqueio das contas da Prefeitura e indisponibilidade dos bens do Prefeito. A decisão da Justiça de Uruará cabe recurso.

APÓS DECISÃO DA JUSTIÇA POPULAÇÃO FAZ MANIFESTO POSITIVO EM FRENTE AO FÓRUM DA COMARCA DE URUARÁ

Na manhã de terça-feira, 23, vários servidores municipais, pais de alunos e alunos foram para frente do Fórum da Comarca de Uruará, desta vez, para fazer um manifesto positivo, quando parabenizaram o Judiciário e a Promotoria de Justiça pela atitude tomada. Foram penduradas faixas no muro do Fórum com frases de agradecimento e parabenização.

Os servidores estão com vários meses de salários atrasados, e em vários casos há servidor que recebeu apenas dois salários nos oito meses do ano de 2016. A manifestação positiva de terça-feira ocorreu após a Justiça bloquear as verbas da Prefeitura para o pagamento dos salários dos servidores em decisão promulgada na tarde de segunda-feira, 22.

O Juiz de Direito substituto da Comarca de Uruará, Michel Campelo, que deferiu a liminar bloqueando as verbas da Prefeitura, preferiu não gravar entrevista, mas informou que a partir de agora, a Justiça estará tomando os próximos passos na medida da Lei, para garantir o salário em dias e pagamento dos salários atrasados dos servidores públicos municipais nesse ano de 2016, mas não mencionou data para pagamento dos salários atrasados.

POPULAÇÃO PROTESTA CONTRA PREFEITO

Protesto da população em frente à Prefeitura de Uruará

Protesto da população em frente à Prefeitura de Uruará

A população se manifestou na frente ao Fórum e Prefeitura Municipal de Uruará exigindo o pagamento dos servidores públicos, volta às aulas, limpeza das ruas, melhorias na saúde, entre outras reivindicações. Esta insuportável a situação do governo do prefeito Everton Moreira, a cada dia as coisas pioram. Na quinta-feira (18) centenas de pessoas, foram para frente do Fórum e da Prefeitura reivindicar, que a Justiça se manifestasse em favor do povo que não aguenta mais tanto descaso. Nada funciona, a educação está em estado de calamidade publica, diante atrasos salariais e sem nenhum investimento na área a cada dia. A situação só se agrava. A manifestação foi pacifica, mas com alguns imprevistos, onde foram queimado pneus na entrada da Prefeitura, para dificultar a saída do Prefeito que estava em seu gabinete. Segundo informações, o Everton Moreira saiu da Prefeitura escoltado pela Polícia. Os protestos continuaram na sexta-feira até que se decidisse sobre os atrasos nos salários, ou o Prefeito tenha seu mandato cassado ou que o mesmo renuncie seu cargo de Prefeito.

Fonte: RG 15/O Impacto e Uruará em Foco

Check Also

PF cumpre mandado de busca e apreensão em residência de garimpeiro em Itaituba

Atualidades  PF cumpre mandado de busca e apreensão em residência de garimpeiro em Itaituba  21 …