Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Destaque » Promotoria de Justiça Militar pede prisão de 70 PMs amotinados no Pará

Promotoria de Justiça Militar pede prisão de 70 PMs amotinados no Pará

Promotoria de Justiça Militar pede prisão de 70 PMs amotinados no Pará
4 de junho de 2019 0 Comentário
A Promotoria Militar de Justiça no Pará emitiu pedido de prisão de 70 policiais militares que estão amotinados há cerca de uma semana na Região Metropolitana de Belém, na cidade de Castanhal, nordeste paraense, e no município de Parauapebas, sudeste paraense.

De acordo com Armando Brasil, a “greve” dos militares é proibida pela Constituição Federal, por isso a necessidade de pedir a prisão preventiva dos envolvidos. “Quando os PMs fazem ‘greve’, na verdade eles se amotinam. Eles ficam sem comando. E militares, armados, sem comando, é algo que não pode ser permitido”, explica o promotor.

Ainda segundo o promotor militar, há pedidos de prisão para policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Belém, do 10º BPM, de Icoaraci, do 6º BPM, de Ananindeua, do 5º BPM, de Castanhal, e do 15º BPM, de Parauapebas.

Além de pedir a punição no campo penal (no caso, os pedidos de prisão preventiva), a Promotoria de Justiça no Pará solicitará medidas administrativas disciplinares contra os envolvidos (com possibilidade de expulsão da corporação).

Essa lista de 70 pedidos de prisão pode, inclusive, aumentar, segundo Armando Brasil, caso ocorram mais adesões ao movimento. “A partir do momento que o movimento aumentar, a promotoria agirá com todo o rigor, e essa lista pode aumentar”, concluiu o promotor.

Fonte: DOL

Check Also

Brasileiros já pagaram R$ 32 bilhões em taxas extras na conta de luz

Brasileiros já pagaram R$ 32 bilhões em taxas extras na conta de luz Sem bandeira, …