Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Agricultura » PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO.

PRODUÇÃO DE LEITE A PASTO.

Esteve em Terra Nova do Norte, entre os dia 11 e 16 de novembro, o Funcionário da Secretária Municipal de Agricultura, O medico Veterinário Arildo Faversani, para fazer um treinamento no  Programa “  Leite A Pasto “. Através da parceria da Secretária de Agricultura de Novo Progresso com a Coopernova e apoio da Prefeitura Municipal de Novo Progresso.

O objetivo do treinamento foi para ampliar os conhecimentos do veterinário que atende aos produtores na Secretária de Agricultura  com informações sobre à área de produção leiteira a pasto, melhoria na qualidade do leite, coleta de amostra do leite e normas para instalação de tanques resfriadores comunitários.

Faversani visitou varias propriedades. Todas com produção exclusiva a pasto. O sistema baseia –se na condição de que os animais ficam em piquetes com pastagem de braquiara brizantha, capim Jaraguá, monbaça, entre outros. Cada propriedade tem  sua particularidade, umas fazem duas ordenhas e as vacas são retiradas  dos bezerros logo após o nascimento, outras são ordenhadas uma vez por dia com o bezerro ao pé.

Para uma boa produção leiteira com o custo baixo, tudo começa com o cuidado do solo para que produza uma boa pastagem, análise do solo – correção com calcário se necessário for e adubação. Com isso o sistema de piquetes funciona perfeitamente, porque quando os animais voltam ao primeiro piquete do esquema, o mesmo esta com pastagem nova e tenra , com isso o animal aproveita melhor a pastagem e produz mais leite.

Foi visitado uma propriedade que faz consorcio pastagem – fruticultura com ótimos resultados. Arvores altas (castanheira), média (cupuaçu e pequí) e baixas (banana) e pastagem amendoim forrageiro. Esse tipo de produção faz com que aumente a renda da família    na propriedade porque o produtor passa a produzir leite e fruticultura na mesma área.

Todas as propriedades se preocupam em produzir na época de chuvas, forragens para armazenar com objetivo de fornecer alimento para os animais na época da seca, onde os mesmos ficam confinados. É feito silagem de milho, sorgo, capim canarana, napier, cana e outros. Com isso na época das pastagens seca as vacas em lactação mantém um nível satisfatório de produção.

Propriedade com 900 litros de leite ao dia enfrenta problemas semelhantes aquela que produz 50 litros de leite dia. Porém com a criatividade, trabalho e dedicação todas chegam ao objetivo que é baixa o custo de produção.

O profissional está a disposição na Secretária de Agricultura para auxiliar os produtores de Novo Progresso que estiverem interessados nesse programa de aumentar de produtividade da bacia leiteira .

Check Also

Toffoli quer pacto sobre reformas previdenciária, tributária e fiscal

Toffoli quer pacto sobre reformas previdenciária, tributária e fiscal   O presidente do Supremo Tribunal …