Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Notícias » Familiares de paraense desaparecida em Brumadinho continuam sem notícias

Familiares de paraense desaparecida em Brumadinho continuam sem notícias

A família continua sem informações de Lenilda Andrade, que é técnica em planejamento da Vale e há três anos mora em Brumadinho.

A família da paraense desaparecida no acidente ocorrido em Brumadinho (MG), Lenilda Cavalcante Andrade, 36, já está na cidade, que fica localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, e continua sem informações da jovem, que é técnica em planejamento da Vale. O pai, a tia e a irmã de Lenilda chegaram ao local na noite do sábado (26) e, na manhã de domingo ( 27), já deram início às buscas por informações. De lá, eles pretendem seguir para Belo Horizonte.

De acordo com informações de Anna Quitéria, 25, prima de Lenilda, a família vem sendo atualizada por meio de um grupo de Whatsapp. “A todo momento minha tia fica passando informação a respeito dessa tragédia. Hoje de manhã (domingo, 27), eles já saíram para o local onde fica a central de apoio aos familiares para buscar alguma novidade”, disse a prima de Lenilda.

Anna encaminhou fotos de familiares no momento em que chegaram à central de apoio, em Brumadinho. A imagem registra o ex-marido de Lenilda (de casaco jeans), a mãe Maria Ivone (de calça jeans e blusa estampada) e o pai Emanuel (de casaco cinza e calça jeans). Em uma das mensagens postada no grupo de Whatsapp enviado no domingo (27), a tia de Lenilda, Maria das Graças, diz o seguinte: “Família, essa é real a situação dessas fotos. Alerta geral! E até agora nenhuma informação”.
Por conta disso, os familiares de Lenilda decidiram que vão seguir para Belo Horizonte, onde pretendem percorrer os hospitais da capital mineira como forma de tentar encontrar a jovem.Lenilda tem um filho de 19 anos, que na ocasião estava afastado da zona onde ocorreu o rompimento da barragem. Ele se chama Victor e está abalado com o desaparecimento da mãe.

Lenilda nasceu em Tucuruí, sudeste do Pará, mas desde cedo mudou-se para Parauapebas, onde tem vários familiares. Há três anos, por conta do trabalho, ela passou a morar em Brumadinho.

Fonte: O Liberal

Check Also

CONTA DE LUZ PODERÁ TER AUMENTO DE 2,42% EM 2020

CONTA DE LUZ PODERÁ TER AUMENTO DE 2,42% EM 2020 A conta de luz poderá …