Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Notícias » ENTREVISTA COM SRA. MARIA LUIZA, GERENTE EXECUTIVA DO IBAMA EM NOVO PROGRESSO.

ENTREVISTA COM SRA. MARIA LUIZA, GERENTE EXECUTIVA DO IBAMA EM NOVO PROGRESSO.

ENTREVISTA COM SRA. MARIA LUIZA, GERENTE EXECUTIVA DO IBAMA EM NOVO PROGRESSO.


 

ENTREVISTA COM SRA. MARIA LUIZA, GERENTE EXECUTIVA DO IBAMA EM NOVO PROGRESSO.
Resumo da conversa formal entre os repórteres das Rádio Comunitária Cultura FM – 87.9, José Barros e Denis MAcedo com a Gerente Executiva do IBAMA em Novo Progresso, Maria Luiza, nesta segunda-feira(20/06) de manhã, na sede do órgão no bairro Bela Vista, confira:
Repórter: – Que tipo de fiscalização era essa que era feita por ocasião do sinistro do Sargento da PM recentemente?
Maria Luiza: – O nome da operação é “Onda Verde”, como foco nos crimes ambientais, a Flona Jamanxim vem sendo alvo de grandes desmatamentos. Achamos um desmatamento ali de 3.000 hectares… Existe uma problemática gigantesca na flona com muita retirada ilegal de madeiras e garimpos ilegais, estamos a algumas semanas intensificando a fiscalização devido a constatação via satélite do aumento do desmatamento no local. Há muito ouro sendo retirado de forma ilegal, muita madeira sendo tirada por madeireiras ilegais.
Repórter: – Como o IBAMA pretende identificar quem são os garimpeiros, madeireiros e moradores?
Maria Luiza: – Com sistemas de tecnologia que dispomos e através de serviço de inteligência e investigação. Geralmente quem esta fazendo algo ilegal toma atitudes suspeitas, correm, escondem-se, especialmente em garimpos, onde ficam em condições praticamente insalubres, problemas de direitos trabalhistas. Só será punido quem tiver exercendo atividade de forma ilegal. Quem tiver dentro da lei não é alvo da nossa operação.
Repórter: O desfecho da recente operação que resultou na morte do PM, pode atrapalhar negociações com governo para redefinição da Flona.
Maria Luiza: – Ao contrário, o IBAMA e os órgãos federais querem que as pessoas trabalhem na legalidade. Não existe “caça as bruxas” estamos fazendo o nosso papel de órgão fiscalizador, procurando fazer com total seriedade.
Repórter: Houve uma negociação com ICMBio para deixar passar os garimpeiros dentro da legalidade passar com seus mantimentos, essa negociação está valendo ainda?
Maria Luiza: – Com relação ao ICMBio, eles que tem que se pronunciar. Eu aqui sou uma agente da lei, viemos aqui fazer fiscalização e garantir que se cumpram as normas. Quem faz essas normas são deputados e senadores. Ao executivo cabe cumprir as normas instituídas. Onde houver ilegalidade não existe negociação a ser feita com o governo.Com relação ao IBAMA estamos aqui para garantir que haja cumprimento da legislação ambiental.
Repórter: – Com relação a 02 prisões que teriam acontecido hoje dia 20/06?
Maria Luiza: – O trabalho policial esta sendo feito, haverá ações, investigação e abertura de inquérito, inclusive por todos os órgãos competentes cada um tomando as ações que lhe couberem. Com relação a prisões, essas informações devem ser colhidas com autoridade policial.

Check Also

Governo do Pará começa em 29 de março a cadastrar estabelecimentos para benefício de R$ 2 mil

Governo do Pará começa em 29 de março a cadastrar estabelecimentos para benefício de R$ …