Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Destaque » Delegacia Especializada investiga câmaras e prefeituras

Delegacia Especializada investiga câmaras e prefeituras

Delegacia Especializada investiga câmaras e prefeituras

Delegados Gilberto Aguiar e José Castro comandaram a exitosa operação que prendeu Reginaldo Campos

O sucesso da ‘Operação Perfuga’, comandada pela Superintendência Regional do Baixo e Médio Amazonas da Polícia Civil, que tem como titular o competente delegado Gilberto Aguiar, deixou preocupada a maioria dos políticos da região, que utilizam a máquina pública para obter vantagens ilícitas.

Informações obtidas com exclusividade por nossa equipe de reportagem dão conta de que a Delegacia de Repressão a Defraudações Públicas (DRDP), especializada criada para combater os crimes praticados por órgãos públicos, já investiga mais de 16 prefeituras e câmaras de vereadores em todo estado do Pará. Na região oeste, pelo menos 8 prefeituras e câmaras são investigadas.

Entre os principais crimes investigados pela DRDP, estão fraudes quanto a combustível, com a emissão de notas fiscais, onde constam quantidades de litros muito além do que foram verdadeiramente utilizadas. Notas fiscais de medicamentos que não foram sequer entregues nas unidades de saúde.

Também é comum, irregularidades quanto ao transporte e merenda escolar.

A delegacia especializada também investiga o mesmo esquema utilizado por Reginaldo Campos, o chamado funcionário ‘fantasma’. Muitos casos investigados pela Polícia Civil demonstram a existência de famílias inteiras recebendo dinheiro público sem ao menos comparecerem nas repartições públicas, inclusive parentes de vereadores.

COMPETÊNCIA: O efetivo trabalho desenvolvido pela Polícia Civil na região é resultado também, da dedicação do Superintendente Gilberto Aguiar, que com operações marcantes de combate à criminalidade, tem deixado claro que não tolera práticas criminosas, em especial, as praticadas por agente públicos, como o caso da investigação que culminou na prisão do vereador de Santarém, Reginaldo Campos.

“As investigações presididas pelo delegado Castro iniciaram há seis meses. Um trabalho bastante árduo, principalmente pelo número de mandados judiciais expedidos e que deveriam ser cumpridos; 38 no total. Foram convocados policiais de toda a Regional, para que pudéssemos lograr êxito. Também contamos com apoio do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Fernando Rocha, que veio com uma equipe de Belém, especificamente para acompanhar a operação, fato que foi de suma importância para o sucesso alcançado. Ressaltamos que a investigação prossegue, inclusive com novas provas que possam enriquecer o inquérito policial, bem como a possibilidade de identificar outras pessoas envolvidas, que poderão ter a sua liberdade restringida”, explicou Gilberto Aguiar.

TRABALHO INCANSÁVEL: Desde o inicio do trabalho investigativo que culminou com a prisão do vereador Reginaldo Campos, foram horas e horas dedicados a identificar as pessoas e os crimes praticados pela organização criminosa, constituída pelo vereador e ex-presidente da Câmara de Santarém.

Entre oitivas diversas, inclusive com a intimação dos suspeitos, e confronto de informações relatadas com dados dispostos em documentos, o delegado José Kleidson de Castro, não estava apenas realizando o seu trabalho com extrema maestria, mas também dando a população santarena um fio de esperança. Um recado em alto e bom tom, de que nem sempre o poder político, das negociatas e conchavos, impera a injustiça eternamente.

Pela sua dedicação e coragem a sociedade santarena agradece, assim como os demais policiais civis e militares e membros do Ministério Público, por agirem em prol de uma sociedade, que vive um caos na saúde pública, caos este, conscientemente imposto por agentes públicos, para se perpetuarem no poder, oferecendo supostos favores, aqueles que deveriam por direito, ser atendidos com a melhor qualidade, sem recorrer ao jogo sujo, muitas vezes humilhante, de implorar pela vida, a um vereador ou qualquer político.

Por: Edmundo Baía Júnior

Fonte: RG 15/O Impacto

Check Also

Corpo de recém-nascido é encontrado em lixeira na Zona Norte do Rio

Corpo de recém-nascido é encontrado em lixeira na Zona Norte do Rio 9 Dezembro, 2017 …