Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Destaque » Caixa dificulta Prefeitura no cadastramento do Bolsa Família

Caixa dificulta Prefeitura no cadastramento do Bolsa Família

Caixa dificulta Prefeitura no cadastramento do Bolsa Família

Dezenas de pessoas formam filas no CAS/CAEC para tentar fazer o cadastro

Desde o começo de julho deste ano que a Caixa Econômica de Santarém está com o sistema informatizado para Cadastro Único (CadÚnico) parado, devido a problemas com a transmissão de dados, dificultando que a Prefeitura realize o cadastro das famílias em vários programas sociais, como Bolsa Família, inclusão, recadastro, folha resumo e NIS. Isso acarreta problemas para as famílias que procuram o CAS/CAEC localizado na Av. Sérgio Henn ou as Unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e são avisadas que o serviço não está funcionando, devido a problemas na Caixa Econômica.

Tal situação fez com que a Prefeitura de Santarém, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras) emitisse nota informando sobre a paralisação do serviço, informando que a culpa é da Caixa Econômica, que está com sistema parado e sem previsão de voltar.

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), esclarece que continua impossibilitada de atender a população, devido às dificuldades que vem encontrando em executar e operacionalizar o sistema informatizado do Cadastro Único (CadÚnico), versão 7.15, que é disponibilizado pela Caixa Econômica Federal.

A Semtras, via CAS/CAEC, desde o dia 07 de julho vem fazendo contato diariamente com a Caixa Econômica Federal, por meio dos canais de atendimento, e ainda não obteve resposta sobre a solução deste problema.

“Pedimos que a população não procure o CAS/CAEC ou as Unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) até que esse problema do sistema da Caixa Econômica seja solucionado. Assim que houver regularização, a população será imediatamente informada”, disse Márcia Lehmann, coordenadora do CAS/CAEC.

No dia 07 de julho deste ano, a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras) já havia informado que estava impossibilitada de atender a população com novos cadastros no CadÚnico, devido às dificuldades que vem encontrando em executar e operacionalizar o sistema informatizado que é disponibilizado pela Caixa Econômica Federal.

“No momento, o Município não está realizando Cadastro Único (Bolsa Família, inclusão, recadastro, folha resumo e NIS) devido a problemas na transmissão desses dados. Assim que houver regularização, a população será imediatamente informada”, disse a titular da Semtras de Santarém, Celsa Brito.

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um sistema que contém informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda agrupadas em um só lugar. Através dele, as famílias têm a possibilidade de ingressarem em programas sociais promovidos pelo Governo Federal, como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia e Programa Nacional de Reforma Agrária. Em Santarém, o CadÚnico funciona nas dependências do Centro de Assistência Social (CAS), antigo Caec, na Av. Sérgio Henn, bairro Jardim Santarém.

ENTENDA O CASO: As famílias que se cadastraram no Programa Bolsa Família, do Governo Federal, devem fazer a atualização dos dados para evitar o bloqueio ou perda do benefício. Cerca de 28 mil beneficiários são cadastrados no programa em Santarém, no oeste do Pará.

A atualização deve ser feita no prazo de um ano após o cadastramento para assegurar o pagamento e evitar fraudes. Alguns beneficiários, por não se atentarem a esse procedimento, acabam só fazendo a regularização após o bloqueio. No extrato bancário há avisos que informam sobre a atualização.

Para fazer o procedimento é preciso ir até o Centro de Assistência Social (Cas/Caec), localizada na Avenida Sérgio Henn, os documentos necessários são: CPF, RG, Carteira de Trabalho, Comprovante de residência, e a declaração de matrícula dos filhos.

CREAS REALIZA JORNADA COM SOCIOEDUCANDOS: A Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), realiza a Primeira Jornada de Oportunidade Profissional aos adolescentes em Cumprimento de Medidas Socioeducativas em meio aberto do município de Santarém, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que oferta o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), o qual direciona seus atendimentos ao enfrentamento de violações vivenciadas por crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, população LGBT e suas famílias, e acompanha as medidas socioeducativas (Liberdade Assistida – LA e Prestação de Serviço à Comunidade – PSC).

A jornada será realizada até outubro com várias programações, ela iniciou com uma oficina sobre vocação profissional, que foi realizada no dia 27 de julho deste ano, através de palestra ministrada pela psicóloga do Creas, Lucélia Jati e a prática de Círculo Restaurativo sobre o assunto.

A Jornada dispõe de 03 (três) turmas, sendo uma de teatro e duas de confecção de bloco de notas e agendas, cada uma com o máximo de 20 participantes, as oficinas de confecção de bloco de notas já estão acontecendo e seguem até 18 de agosto no auditório da Semtras, de 9h às 12h.. As oficinas de teatro terão como foco a valorização da própria imagem através da arte cênica, contribuindo para a elevação da autoestima dos mesmos. Essa oficina faz parte do projeto de Preservação e Manutenção da Memória, vinculado aà Pró Reitoria de Cultura, Comunidade e Extensão e conta com apoio da Pró Reitoria de Administração da Universidade Federal do Oeste do Pará, Ufopa.

A primeira Jornada, além das oficinas acima citadas contará com uma audiência pública realizada MPT, e culminará com outros dois eventos: o primeiro a ser realizado no dia 18 de outubro constituindo o I Encontro de Oportunidade Profissional aos adolescentes em Cumprimento de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto do Município de Santarém: Profissionalização Jovem, oportunizar é preciso. Na ocasião serão ministradas duas palestras, a primeira sobre a temática do encontro a segunda titulada “Como conquistar o meu primeiro emprego”, facilitada pelo Sr. Raimundo Pires Martins – da Amazon Educação Profissional, através do Programa Acelera Amazon – Preparação e Incentivo ao Primeiro Emprego e ao final serão entregues os certificados das oficinas aos socioeducandos, tendo a participação dos mesmos, de seus familiares e entidades parceiras.

Por: Jefferson Miranda

Fonte: RG 15/O Impacto

Check Also

Corpo de recém-nascido é encontrado em lixeira na Zona Norte do Rio

Corpo de recém-nascido é encontrado em lixeira na Zona Norte do Rio 9 Dezembro, 2017 …