Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Home » Destaque » Adepará quer vacinar 43 mil animais contra aftosa em Faro e Terra Santa

Adepará quer vacinar 43 mil animais contra aftosa em Faro e Terra Santa

 

Adepará quer vacinar 43 mil animais contra aftosa em Faro e Terra Santa
Segunda etapa da vacinação começa hoje e vai até o dia 30 de agosto. Criadores tem até o dia 14 de setembro para confirmar a imunização.
15/07/2016 07h38 – Atualizado em 15/07/2016 07h39
Do G1 Santarém
38ª Exposição Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas segue até o dia 9 de agosto em Santarém (Foto: João Carlos Brasil/TV Tapajós)
Meta da campanha é imunizar 100% dos animais nas duas cidades (Foto: João Carlos Brasil/TV Tapajós)
Começa nesta sexta-feira (15) e segue até o dia 30 de agosto a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa nos municípios de Faro e Terra Santa, no oeste do Pará. De acordo com a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), a previsão é manter o índice de 100% de vacinação do gado com agulha oficial ou vacinação assistida, imunizando até 43 mil bovinos nos dois municípios, índice que foi alcançado na primeira etapa, em março.

Os produtores terão até o dia 14 de setembro para fazer confirmação da vacina. Os dois municípios são regiões estratégicas para o estado, consideradas zonas de proteção, por fazer divisa com o Amazonas, que tem condição sanitária considerada de médio risco, enquanto o Pará já detém o status de livre de febre aftosa com vacinação desde 2014.
A multa para quem deixar de vacinar o rebanho dentro do período da campanha é de três UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado e mais 67 UPF por propriedade. O valor da UPF está em R$ 2,74. O produtor que não confirmar a vacina no prazo pode pagar multa de sete UPF por cabeça de gado e 67 UPF por propriedade.

O criador que não confirmar a vacina fica impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias. Com a guia de transporte, o produtor terá a origem e o destino final do rebanho. Sem essa guia, não se tem a procedência do animal, ou seja, o criador não tem comprovar a origem do gado.

Importância da vacinação
A Adepará reforça a importância da vacinação para que nenhuma doença comprometa os rebanhos, principalmente a febre aftosa. Além das mortes dos animais, a doença reflete também em prejuízos econômicos causados pelas barreiras comerciais com outros estados e países.

Calendário
A Adepará faz cinco campanhas contra a febre aftosa ao longo do ano: 15 de março a 30 de abril – etapa de vacinação nas zonas de proteção de Faro e Terra Santa; 01 a 31 de maio – campanha estadual de vacinação; 15 de julho a 30 de agosto – etapa de vacinação das zonas de proteção de Faro e Terra Santa; 15 de agosto a 30 de setembro – etapa de vacinação da Ilha do Marajó (etapa única, em função das condições geoclimáticas); 01 a 30 de novembro – campanha estadual de vacinação/novembro 2015.

Check Also

Justiça manda soltar Jovem acusado de atirar no marido da amante em Vila Isol

Justiça manda soltar Jovem acusado de atirar no marido da amante em Vila Isol (Foto:Reprodução …